domingo, 15 de março de 2009

Nos Dominios da JogaSampa

Domingo dia 8 foi domingo de JogaSampa e, finalmente, consegui ir. Fomos eu, o João, o Luiz e a Andrea, além, claro, do Dudinha. Lá conhecemos o André, que nos acompanhou durante a jogatina. Começamos por um jogo do Luiz, o Container, onde tentei uma estratégia de pontas na cadeia produtiva, sendo um produtor e também negociador de leilão. Como não ia ter muito tempo para ficar toda hora produzindo, a intenção era vender containers procurados a preços altos. Esta parte não funcionou muito bem, vide que vendi muito pouco durante todo o jogo. Mas a parte de leilões funcionou muito bem, e mesmo sendo o jogador com menod containers na ilha, acabei ficando em segundo no jogo. O vencedor foi o João, que conseguiu estabelecer uma boa coleção na ilha.

Depois, a Andreia resolveu dar uma volta com o Duda e o João foi ver outras mesas. Eu, o Luiz e o André ficamos e fomos conhecer o Dominion (eu e o Luiz, pois o jogo era do André, que já tinha jogado outras vezes) e sim, este jogo vale o Hype que tem. Muito bom e a dinamica de construir os decks no meio do jogo é fascinante. O único defeito é que é muito rápido, mas isso foi facilmente resolvido jogando duas partidas seguidas. O jogo funciona com cada jogador com um deck contendo apenas dinheiro e algun pontos de vitória e o objetivo é ter o deck com mais pontos de vitória no final, e entre mais cartas de dinheiro e mais cartas de pontos de vitória, existem também cartas que tem habilidades especiais, no estilo magic. Muito bom.

Antes de ir embora, pegamos o Power Grid da Ludus para apresentar este clássico para o André, que ainda não o conhecia. Jogamos na Alemanha e foi um jogão, no qual a Andréia retornou a mesa para jogar um pouco mais. Fazia muito tempo que não jogava Power Grid Vanilla, mas não tinhamos nenhuma opção de expanção na Ludus e como o André não conhecia o jogo, foi melhor assim.

Um comentário:

Edu disse...

Fala Tiago,

Alterei o nome do meu blog para www.alpendreludico.blogspot.com
antes era o Jogo no Alpendre

abraço